, , ,

Desistindo de ficar ruiva | Resenha Koleston 6.1

9:41 PM

Desistindo de ficar ruiva, cabelo ruivo, ficando ruiva, ruivo, ruiva, Majirel 7.4

Mal pintei o cabelo de ruivo e já desisti. Aconteceu um monte de coisa que me deixou muito chateada, então achei melhor deixar meu cabelo sossegado por mais tempo. Contei minha experiência neste post. 

De 2002 até hoje em dia, já tive cabelo ruivo várias vezes, conseguia deixar bem natural, lindo e sedoso. Mas dessa vez me dei mal. 

Então achei melhor não colocar mais camadas de coloração nem passar tonalizante. Eu só queria voltar a ficar com o cabelo saudável e com uma cor que não precisasse ser retocada a cada 15 dias. Apesar de amar cabelo ruivo, achei melhor não insistir na cor, pois é preciso ter muita paciência para ficar retocando em um curto período e também gasta-se muito dinheiro.

Comprei a Koleston Loiro Cinza Escuro 6.1 para neutralizar a cor, pois estava parecendo água de salsicha. Coloquei as fotos da caixa abaixo e tem também outros detalhes no final do post para quem gosta desse tipo de informação.
koleston 6.1
1 | Condicionador Tratamento Gloss Intenso
2 | Bisnaga de tinta
3 | Água oxigenada
4 | Caixa (para quem quiser comprar igual, saber qual é)
5 | Reativador de cor
6 | Folheto explicativo e luvas (vem dois pares, um para usar na coloração e outro para usar quando quando for reativar a cor)

Lembre-se de sempre conferir o que tem dentro da caixa, pois já comprei uma que veio com a água oxigenada derramada e precisei voltar à loja pra trocar. E confira a bisnaga da tinta, pois a minha Majirel veio com um furinho que eu só percebi quando fui jogar no lixo, quando já estava perto de tirar do cabelo. Também é importante verificar se o código do lote da caixa é o mesmo que está nos produtos.


Pontos positivos
| Efeito no cabelo
A cor dessa tinta é cintilante, mas quando coloca a água oxigenada e dilui fica quase sem brilho. Acho que essas partículas cintilantes devem dar o efeito de brilho no cabelo, pois o meu ficou muito brilhoso como se tivesse acabado de hidratar.

| Cheiro
Não achei o cheiro forte. Tem cheiro de tinta, mas não é forte, não é como o da Majirel, que fez meu nariz arder e só sentia cheiro de amônia.

| Cor
Achei que ficou parecida com a cor que vem na caixinha.

| Resultado
Gostei muito do resultado, a Koleston não danificou os fios. Na verdade, percebi que deu uma melhorada na textura e na aparência. Meu cabelo ficou muito macio e brilhoso, foi super fácil pentear. Deixei os fios secarem naturalmente e percebi que ficaram bem disciplinados. 

| Produtos para manter a cor
Gostei muito de ter vindo com um reativador de cor, acredito que seja um tonalizante ou algo que tenha efeito similar. Também gosto do condicionador Tratamento Gloss Intenso, que deixa o cabelo lindo, macio e tem um cheirinho suave e gostoso.


Nas fotos abaixo mostro minha base, a Majirel 7.4 desbotada e as pontas do cabelo bastante danificadas. Estava sem chapinha e oleoso, pois tirei as fotos antes de tingi-lo.
majirel 7.4
Antes de aplicar a tinta, segui as instruções do fabricante e fiz um teste de alergia 24h antes, na dobrinha entre o braço e o antebraço. Não tive nenhuma reação. Na hora que passa a tinta no cabelo fica bem escura, dá impressão de que vai ficar castanho ou preto, mas quando lava fica uma cor bem próxima à da caixinha.
Teste à esquerda.
koleston 6.1
Pra fazer o teste coloquei uma quantidade bem pequena de tinta e água oxigenada, misturei com um palito de picolé e apliquei na pele (foto à esquerda). À direita é a foto da mistura que fiz no dia seguinte para passar no cabelo. A tinta  era branca, mas ficou meio marrom porque foi aberta no dia anterior.
koleston 6.1
Abaixo está o resultado após aplicação.
koleston 6.1
1 | Cabelo úmido, após retirar a tinta (no quarto com pouca luz natural)
2 | Cabelo secou naturalmente. Repare que a franja ficou normal, não está com as pontas espetadas (no quarto à luz artificial)
3 | À luz artificial após 5 lavagens
4 | Com flash após 5 lavagens

Na foto abaixo mostro a comparação do cabelo após aplicar a Koleston 6.1 (à esquerda), tentei tirar a foto num ângulo que mostra que ainda fica resquício da Majirel 7.4. E à direita foi após algumas lavagens. Achei lindo, ficou tipo com umas mechas e dependendo da luz, fica com reflexo ruivo.
koleston 6.1

Pontos negativos
Não são graves, são apenas coisas que me incomodaram um pouco.

| Parece que a tinta não sai ao lavar
Achei ruim na hora de lavar o cabelo para retirar o produto, pois parecia que não ia parar de sair tinta nunca. Após vários dias, várias lavagens depois, eu coçava o couro cabeludo e percebia que ficava resíduo da tinta nas unhas.

| Luvas
Também não gostei das luvas, são feitas de plástico fino, tipo sacola de supermercado, ou mais finas, rasgam facilmente e escorregam. Aconselho comprar luvas boas e não usar essas que vem na caixa.

| Quantidade
Vem bem pouca tinta e pouca água oxigenada. A bisnaga tem apenas 55g e água oxigenada tem só 55ml. Meu cabelo é de tamanho médio e bem fino e pouquinho, mas a tinta quase não deu pra passar nele todo.

Outra pessoa que desistiu do ruivo, coincidentemente após eu desistir e, que usou quase a mesma coloração que eu, foi a Lindsay Woods. Também pelo mesmo motivo, de deixar o cabelo saudável e tentar recuperar os fios.  Ela até explica nesse vídeo aqui.

Fotos da caixa abaixo. Vem com uma parte para destacar e anotar a data da coloração.
koleston 6.1

Update | Usei o reativador 20 dias após a coloração e gostei. Ele é bem laranja e precisa ser aplicado com luvas, pois mancha a pele. E é preciso ter cuidado para não aplicar na testa, pois fica manchado mesmo. A não ser que você não se importe com isso. Gostei do efeito no cabelo, que já estava com a cor um pouco desbotada e realmente voltou a ficar mais forte após a aplicação, também fiquei com o cabelo super brilhoso e macio. Porém durou apenas 4 lavagens. Tempo suficiente para eu reaplicar a coloração.

Update 03/01/17 | Não estou  mais usando coloração permanente por causa da amônia e da água oxigenada. Mudei para banho de brilho tonalizante e estou adorando. Fiz post sobre isso.


Se tiver alguma dúvida, pergunta aqui nos comentários que eu respondo.
Ah, vê se não esquece de me seguir nas redes sociais, hein

Você também vai amar

2 comments

  1. Também sou ruiva e estou deixando , meu cabelo tá sem vida ... olhei na Internet que precisava de uma .1 pra anular o cobre. Eu queria uma 5.1 , pq meu cabelo é castanho escuro , mas não achei dessas mais baratas e comprei a 6.1 da biocolor... Não queria gastar mt mais com tinta pra pintar ... Vou pintar amanhã assim que acordar ! Estou com medo mas preciso recuperar meu cabelo :/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oi, Thalita!

      Pintar de ruivo sai caro, né? Eu desisti porque prefiro a saúde dos fios e também quero economizar dinheiro. Já está com 1 ano que pintei com a Majirel, foi só uma aplicação e já foi suficiente pra impregnar o acobreado nos fios. De agosto do ano passado pra cá, já pintei o cabelo umas 2 vezes com essa koleston 6.1 e já fiz vários banhos de brilho tanto com castanho como com preto, pra deixar o cabelo numa cor mais naturalzinha, mas ele ainda está acobreado da metade pra baixo. Eu não entendo muito de numeração, mas pelo que pesquisei teria que usar alguma com .0, parece que esse 0 é o que neutraliza o cobre. Se eu passasse uma 6.0, talvez desse uma fechada no tom, mas to gostando do meu assim, meu cabelo natural é acobreado também, então pra mim não tem muito jeito. Estou até pensando em fazer um teste com tonalizante ruivo, aí se eu não gostar fica mais fácil tirar do que passando coloração permanente. Você já pintou? Me mostra no instagram se tiver pintado, o meu é @barbarawishes.
      Abraço!!

      Delete

NOVIDADES NO SEU E-MAIL

Cadastre seu e-mail e receba todas as novidades!


Arquivo do blog