, ,

Qual o melhor anticoncepcional?

10:05 PM

Listei os 7 tipos de anticoncepcionais que existem no mercado. Você pode pesquisar sobre cada um e conversar com seu médico para saber qual o melhor para você.


Pílula oral
Existem vários tipos, podendo variar em cartelas com 28 ou 21 compridos, algumas tem 7 dias de pausa, outras tem 2 dias, outras não tem nenhum onde é feito o uso contínuo.

Injetável mensal e trimestral
São indicados para quem tem náuseas, distúrbios gastrintestinais e para pacientes que relatam esquecimento de tomar a pílula. Para os injetáveis mensais, a aplicação é feita a cada 28 dias. Já os trimestrais, são feitos a cada 90 dias e indicados para quem tem problemas cardiovasculares. Não recomendo esse para quem pode tomar outros, já que a carga hormonal é muito elevada, podendo ocorrer retenção de líquido e aumento de peso, o que pode causar desconforto e baixa autoestima.



Adesivo transdérmico
É prescrito para quem tem problemas gástricos e em alguns casos para quem esquece de tomar a pílula diária. É trocado a cada 7 dias e na 4ª semana, faz-se uma pausa para que ocorra a menstruação. Porém tem muitas desvantagens.

Implante subdérmico
É implantado sob a pele através de processo cirúrgico. Indicado para mulheres que amamentam ou que têm endometriose. Dura até 3 anos. Pacientes relatam aparecimento de acne e ganho de peso.

Pílula de progesterona
É ótimo para quem tem intolerância ao estrogênio, para quem sofre de cólicas e para quem quer suspender o fluxo menstrual. A mulher para de menstruar. Mas uma desvantagem é a retenção de líquido e há casos em que a mulher sente mais cólica.

Anel vaginal
É um anel colocado no fundo do canal vaginal e é mantido no local por 3 semanas, liberando hormônios. Nos dias seguintes à retirada, o fluxo menstrual ocorre normalmente.

Minipílula
Tem eficácia muito menor do que as pílulas comuns, pois contém uma baixa dose de progesterona. Geralmente é recomendada para mulheres que tiveram bebê e ainda estão amamentando.

DIU (Dispositivo Intrauterino)
É indicado para quem tem endometriose ou sangramento excessivo na menstruação. Muitas mulheres optam por usar o DIU após a gestação. Tem duração de 3 anos e meio a 10 anos. É preciso fazer exames periódicos para o ginecologista avaliar se é preciso trocar ou fazer a retirada.


É importante saber que cada um desses anticoncepcionais tem suas vantagens e desvantagens. Portanto, consulte um ginecologista. Ele levará em consideração vários fatores como: sua idade, doenças pré-existentes, seu ritmo de vida e ao seu bolso. E irá prescrever o que se adeque melhor à sua saúde  e à sua vontade.

Para saber mais sobre anticoncepcionais veja esse post aqui.
O post ajudou a esclarecer suas dúvidas?
Beijos
 ♥ ♥ ♥
Não esquece de me seguir nas redes sociais

Cadastre seu e-mail e receba todas as novidades!

* indicates required

Você também vai amar

0 comments

NOVIDADES NO SEU E-MAIL

Cadastre seu e-mail e receba todas as novidades!


Arquivo do blog